Domingo, 11 Octubre 2020 20:13

Documentación relevada por país. Octubre 2020 - Brasil

  • Balaio Do Kotscho. Que diria Paulo Freire? Decreto presidencial segrega alunos com deficiência. En: https://noticias.uol.com.br/colunas/balaio-do-kotscho/2020/10/03/que-diria-paulo-freire-decreto-presidencial-segrega-alunos-com-deficiencia.htm?cmpid=copiaecola 
  • Diário oficial da União. Publicado em: 01/10/2020. Edição: 189. Seção: 1. Página: 6. En: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-n-10.502-de-30-de-setembro-de-2020-280529948 
  • Rede de Pesquisa Acessibilidade no ensino Superior:  Integram a rede de Pesquisa Acessibilidade no Ensino Superior, pesquisadores de diferentes universidades brasileiras e estrangeiras, sendo a Universidade Estadual Paulista (UNESP/SP) proponente, a Universidade Federal de Santa Catarina – (UFSC/SC) e a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/SP), constituem núcleos integradores diretos. Outras universidades somam a essa proposta na representação de seus professores de pós-graduação, sendo: Universidade Estadual de Maringá (UEM-PR), Universidade Estadual de Londrina (UEL/PR), Universidade de São Paulo (USP-/Ribeirão Preto-SP) e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF-MG), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ-RJ), Universidade Federal do Mato Grosso (UFMS) e Universidade Tuiuti (UTP-PR). Esta rede é coordenada pela Profa. Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins (PPGE-FFC/Marília) e a vice-coordenação fica a cargo da Profa. Lúcia Pereira Leite (PPGPE-FC/Bauru). A rede de de pesquisa teve apoio do Programa Observatório em Educação – OBEDUC (Edital no. 49/2012) da CAPES, no período de 2013 a 2017 e, atualmente a rede vem sendo ampliada. Conta também com a participação de pesquisadores da Universidad de Holguín –Cuba, Universidad de la Republica – Uruguay e Instituto Superior de Estudos Interculturais e Transdisciplinares – Campus Universitário de Almada – Portugal. Em termos numéricos atualmente integram a equipe: a) 32 pesquisadores, sendo 25 permanentes e sete eventuais – vinculados a diferentes áreas de conhecimento – Educação, Educação Especial, Psicologia, Linguística, Direito e Comunicação; b) 46 bolsistas, divididos nas modalidades: doutorado, mestrado, iniciação científica e professores de rede.  En: http://www.acessibilidadeinclusao.com.br/ 
  • Portal Educando para Diversidade. Objetivo: O projeto, financiado pelo Convênio Santander Unesp, tem como propósito o incentivo e a implantação de ações e políticas de inclusão que visam a garantia de direitos, acesso e permanência com dignidade respeito à cidadania das diversidades de expressões de gêneros, sexualidades, raças e etnias, deficiências e demais diversidades que compõem a Universidade e a sociedade.
    Coordenador Juarez de Paula Xavier; Demais pesquisadores membros: Daniela Cardozo Mourão; Fernanda Henriques; Leonardo Lemos de Souza; Lidia Vianna Possas; Lucia Pereira Leite; Raul Aragão Martins; Santa Eli de Oliveira Sartoreto; Suely Maciel. En: https://www2.unesp.br/portal#!/noticia/32808/portal-educando-para-diversidade